Bolsa Família cancelado para mais de 1 milhão de pessoas

O Governo realizou recentemente a operação “Pente Fino” em vários benefícios do Governo, como auxílio doença e também o Bolsa Família. O procedimento resultou num cancelamento de mais de 1 milhão de benefícios do Bolsa Família.

O pente fino foi realizado em mais de 13 milhões de famílias que recebiam os pagamentos do benefício. Segundo os responsáveis pela análise, as famílias que tinha renda superior ao que é exigido pelo programa, tiveram seus benefícios cancelados.

Ao todo, foram cancelados cerca de 469 mil benefícios e outros 654 mil foram bloqueados para análise. No início do próximo ano, mais de 1 milhão de novas famílias serão convocadas para atualização do cadastro único, que é o responsável por organizar os dados de renda das famílias.

O governo pretende economizar cerca de 2,4 bilhões de reais por ano após a realização de pente-fino no programa.

bolsa-familia-cancelamento

Quem teve o Bolsa Família Cancelado

Os beneficiários que tiveram o Bolsa Família cancelado durante o pente fino, terão três meses para organizar documentos que comprovem que houve erro no cancelamento do benefício. O pedido de revisão e desbloqueio do benefício deverá ser feito nos gestores do município que são responsáveis pelo cadastro do Bolsa Família.

Quem teve o Bolsa Família cancelado será informado no momento do saque do benefício. Caso consiga o desbloqueio, os pagamentos que ficaram pendentes serão pagos posteriormente nos próximos meses.

estados-cancelado-bolsa-familia

Quem pode receber o Bolsa Família

Para continuar ter direito a receber o benefício do Bolsa Família, é preciso que a mesma esteja com seu cadastro atualizado e cumpra as regras do programa. O programa é voltado para famílias pobres, com renda mensal de até R$ 85, e pobres, com renda entre R$ 85,01 e R$ 170.

Bolsa Família cancelado para mais de 1 milhão de pessoas
5 (100%) 1 vote

3 comentários

  1. Lucia de Fatima Pereira da Silova 8 de novembro de 2016
  2. Ana cleide de lima 9 de novembro de 2016
  3. Pâmela 6 de janeiro de 2017

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *